Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

EXTASE

 

 

Meu rosto em tuas mãos

Afago e doce prazer

Encostada ao teu peito

Sinto a emoção crescer

 

Debruçada sobre ti

Meus lábios desenham teu rosto

Em êxtase encontram os teus

Em rubro e sabor a mosto

 

A ternura dos teus gestos

Mal consigo descrever

És meigo em teus afectos

Louco no teu querer

 

És Sol que alegra meu dia

És Luar na escuridão

És mais que melodia

És amor e és paixão

 

Sonho-te acordada

Desejo-te a dormir

Quero-te apaixonada

Perco-me…

Neste meu sentir

 

 

publicado por MIGUXA às 20:07
link do post | comentar | favorito
|
29 comentários:
De Rosinda a 30 de Novembro de 2009 às 20:54
Essa música amiga, mexe muito comigo... vi esse filme 4 vezes, belos tempos... 20 anos! Ai quem me dera, ter outra vez 20 anos!
O poema... muito bonito...
Não se tem como negar ou fugir desse sentimento.
Além do que posso ter, além do que posso querer.
Quero-te por inteiro
Eternamente.
Beijinho
De MIGUXA a 1 de Dezembro de 2009 às 17:48
onix,

Minha querida,

A tua presença deixa-me feliz bem como as tuas palavras de incentivo.

Volta sempre , te aguardo!
Beijinho doce
Margarida
De 100timento a 30 de Novembro de 2009 às 21:38
O mundo tem a tua dimensão
consignado ao sentimento.
Está tudo aqui à mão,
cada partilha cada momento.

porque no amor...

...Somos os caminhos que trilhamos,
dentro do tempo que erguemos.
Somos paixões que partilhamos,
dentro do desejo que percorremos.

Margarida, querida Amiga,
Tudo isto é amor,
tudo isto é música de corpos enamorados,
apaixonados loucamente.

Beijinhos Amiga e … dancemos a eternidade numa vida…
De MIGUXA a 1 de Dezembro de 2009 às 17:55
Rui,

Partilhar contigo este meu cantinho é ter um amigo sempre presente, nas palavras e no sentimento.

Fazes-me sentir que a amizade existe e, é um bem, forte e incomparável.

Uma noite de sonhos lindos
Beijo terno
Tua amiga do coração
Margarida
De cuidandodemim a 1 de Dezembro de 2009 às 13:41
Entramos em extase quando amamos e somos retribuidos do mesmo modo!
Um excelente feriado para ti!
Bjns
De MIGUXA a 1 de Dezembro de 2009 às 17:58
Miguinha,

Concordo contigo ainda que a retribuição possa não ser sempre efectiva.

Uma noite de paz e amor!

Beijos carinhosos
Margarida
De green.eyes a 1 de Dezembro de 2009 às 19:17
Olá Miguxa

Acabamos sempre por nos "perder" quando o amor não tem limites ...
Amamos ... simplesmente amamos ...

Beijinho
De MIGUXA a 1 de Dezembro de 2009 às 23:58
Green,

Perde-mo-nos sim... no mundo dos sentidos.

Noite de sonhos lindos
Beijinho doce
Margarida
De Sindarin a 1 de Dezembro de 2009 às 22:35
Olá amiga! E como é maravilhoso e sublime este teu sentir. Adorei simplesmente. Um grande beijinho amiga do coração. Tudo de bom querida, obrigada por me visitares.
De MIGUXA a 2 de Dezembro de 2009 às 00:00
Sindarin,

Feliz por te ter no meu cantinho e agradeço as tuas palavras carinhosas.

Noite de paz
Beijinho
Margarida
De jangadadecanela a 2 de Dezembro de 2009 às 14:32
olá Margarida

paixão que não desvanece
paixão que enlouquece
amor que não se esquece
desse para onde desse...

um grande abraço
Luís
De MIGUXA a 2 de Dezembro de 2009 às 15:00
Olá Luís,

Paixão que não desvanece
É dela que me alimento para viver
Toda uma história a dois permanece
Como poderia esquecer

Obrigada poeta, amigo
Xi-kor apertado
Margarida
De pecadoespecial a 2 de Dezembro de 2009 às 14:59
É um amor,ou um sonho ??????
Amei passar por aqui mais uma vez,o blog faz com que sinta a alma dentro de mim...
Bjos bem pecadores.
De MIGUXA a 2 de Dezembro de 2009 às 15:05
É um amor sonhado e um sonho de amor.

Ainda bem que te posso proporcionar alguma paz de alma, fico feliz e volta sempre.

Beijos ternos, sem pecado
Margarida
De Fisga a 3 de Dezembro de 2009 às 19:04
olá amiga Margarida. Você é um furacão, no bom e belo sentido da palavra. A sua escrita, é mais feita com o coração do que com a cabeça e com as mãos, é um autêntico sonho, ler as suas poesias. Eu tenho pena de não estar nos meus melhores dias. Porque eu queria fazer uma leitura bem dissecada deste seu poema, mas quem sabe amanhã ou depois. O meu beijinho de amigo sincero. Eduardo.
De MIGUXA a 3 de Dezembro de 2009 às 20:02
Eduardo,

Meu querido amigo,

Que bom tê-lo por cá, pena não ser pessoalmente, que aqui junto à lareira está-se ás mil maravilhas, ainda assim fico feliz pela sua encantadora e terna presença.
Obrigada por ser meu amigo e que a sua saúde volte em pleno rapidamente.

Beijinhos carinhosos
Margarida
De Fisga a 12 de Dezembro de 2009 às 17:19
Olá minha querida amiga margarida. Muito obrigado pelo seu carinho. e pela força que me transmite. as suas palavras para mim, são um tónico, que me fás muito bem. obrigado. Quanto, à lareira, quantas saudades eu tenho, dos muitos serões, que passei junto á lareira da minha casa materna. Iluminado com uma candeia de azeite, fazia os trabalhos de casa para no dia seguinte apresentar na escola. Não fosse a má vizinhança do fumo, que muitas x nos fazia chorar, e ainda hoje Preservaria, esse bem. Como é bom falar de castanhas com o dono dos castanheiros. Um bom fim de semana e tudo o mais. E um grande beijinho deste amigo. Eduardo.
De ♥ Flor Cintilante ♥ a 3 de Dezembro de 2009 às 20:20
Amiguxa linda no seu melhor,

adoro ler-te, porque sempre nos transportas

para um sonho lindo, um sonho de amor...

Lindo o teu sentir, lindo o teu querer,

que seja eterna essa paixão,

é o meu mais doce querer...

Beijinho eternamente cintilante para ti***
para ti...abraçado...

Te gosto
De MIGUXA a 3 de Dezembro de 2009 às 20:52
Flor,

Querida e doce amiga,

É com enorme satisfação que te recebo nesta minha casa onde os amigos são fonte de prazer.
Pressinto grandes transformações e o meu desejo sincero é que te tragam toda a felicidade do mundo.

Beijos doces e xi-kor bem apertado
Margarida

De comunicadoraspt@hotmail.com a 3 de Dezembro de 2009 às 23:04
Muito bonito, como sempre, Margarida. Entramos em extâse quando estamos apaixonados e sabemos que nos amam da mesma maneira. Poderíamos viver a vida sempre em extâse; não seria difícil, se todos o quisessem; distribuindo amor, amor se recebe, espalhando sorrisos o nosso rosto fica mais radioso, a nossa caminhada muito mais leve; era preciso que o amor que existe em cada ser humano ultrapassasse em muito o lado menos bom que todos temos; infelizmente parece que acontece o contrário e cada vez se espalham menos sorriso e se dá menos amor; não se ama o suficiente para que a nossa vida seja uma constante paixão; é pena, pois nota-se que as pessoas andam cada vez mais tristes. Mas, sabes, amiga, cada um de nós tem que fazer a sua parte e muitas vezes não o fazemos; não te sei dizer porquê, mas o certo é que nem sempre fazemos o que poderíamos e acabamos por sermos nós os mais prejudicados. A vida poderia ser uma permanente melodia se não dessemos importância a coisas que não têm valor nenhum. Que a tua vida continue a ser essa paixão e extâse que mostras na tua poesia é o que de todo o coração te desejo. Um beijinho e até breve
emília
De MIGUXA a 4 de Dezembro de 2009 às 00:29
Querida Emilia,

Como habitualmente os teus comentários são lições de vida que me emocionam e que todo o ser humano consciente deveria seguir, porque tu conheces bem o "caminho". Obrigada por existires na minha vida, minha doce amiga.

Beijinhos ternos
Margarida

Comentar post

Visitas

Contador de visitas
Besucherzähler
Contador de visitas

My music

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags