Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010

A FORÇA DO TEU SENTIR

 

 

Como é bom sentir

A gentil força do teu querer

Não ter armas para lutar

E nos teus braços morrer…

 

Morrer lentamente por desejo

De torturas que só tu sabes

Ou apenas por um só beijo…

 

Como é bom amar

Para o fim caminhando

Sabendo que par a par

A paixão vai ficando…

 

Tua força é um mistério

Que domina meus sentidos

Olho teus olhos, meu império

Ficamos ambos perdidos…

 

Não encontro razão

Porque a razão não explica

A razão de tanto amar

Esta paixão infinita…

 

 

publicado por MIGUXA às 18:02
link do post | comentar | favorito
|
27 comentários:
De miguel a 12 de Janeiro de 2010 às 18:22
muuito lindo
simplesmente maravilhoso
continua assim seras sempre unica
beijooo doçe
De MIGUXA a 13 de Janeiro de 2010 às 14:47
Olá miguel,

Agradeço as tuas palavras de carinho que me comovem.
Volta sempre!

Beijo terno
Margarida
De eternoerrante a 12 de Janeiro de 2010 às 20:39
Minha Amiga linda sabes o que vai responder esse amor teu? ....Ficar... Esperar...
Se pudesse rasgar o coração…
rasgá-lo em pedacinhos e um por um…
esmagar neles toda a pulsação…
Não conseguiria resultado algum…
ficavam mil corações em minha mão…
e revivias inteiro em cada um... pergunta-lhe se errei...lindo e merecedor de um rapto...he he...chama a policia
Beijinhos deste sempre amigo Rui
De MIGUXA a 13 de Janeiro de 2010 às 14:59
Rui,

Encontras sempre um jeito diferente e poético de expressares a amizade que sinto vir de ti...Obrigada por seres quem és e, com o risco de me tornar repetitiva, reafirmo, já não sei passar sem a tua presença,neste meu cantinho.

Beijos doces
Da tua Amiga do coração
Margarida
De eternoerrante a 13 de Janeiro de 2010 às 18:50
Margarida....
Nunca te esqueças destas palavras ditas pelo meu coração :Cada pedaçinho de alma que deixaste ficar para trás, serão aqueles que de novo te vão chamar... Nunca estarás muito longe, pois és parte daqueles a quem destes teu coração...teu sentir... tua amizade...Beijo amiga do coração e doce noite
De MIGUXA a 13 de Janeiro de 2010 às 19:21
És um querido amigo!!!

Noite de Paz e Amor
Margarida
De Sindarin a 12 de Janeiro de 2010 às 22:06
Magnífica essa abençoada paixão. Envove-te nela amiga o mais k puderes e k dure eternamente. Muito bonito. Beijinhos grandes.
De MIGUXA a 13 de Janeiro de 2010 às 15:04
Sindarin,

Amiga,

Maior envolvência não pode haver e espero que tal como mo desejas seja para sempre.

Agradeço o teu carinho com a maior ternura.

Beijinhos enormes
Margarida
De cuidandodemim a 12 de Janeiro de 2010 às 23:35
Amiga, quando se tem a paixão infinita como tu tens, o amor vive-se todos os dias, a cada instante, a cada batida do coração... Não há quem não o sinta!
Bjns
De MIGUXA a 13 de Janeiro de 2010 às 15:08
Miguinha,

Amar e ser amada é o meu primordial objectivo de vida. Farei o que for necessário para que este sentimento sme sobreviva.

Tudo de bom para ti também, tu mereces

Beijos ternos
Margarida
De green.eyes a 13 de Janeiro de 2010 às 12:10
Olá Miguxa

PARABÉNS adorei o novo visual está lindo ...
Quanto ao poema, esse, NÃO TENHO PALAVRAS PARA COMENTAR, SOBERBO , SIMPLESMENTE SOBERBO.

Beijinhos

P.S. posso leva-lo para os meus favoritos ???
De MIGUXA a 13 de Janeiro de 2010 às 15:12
Green,

Minha doce amiga,

São palavras que nascem no meu peito e que tenho necessidade de gritar...

Obrigada pelo carinho e é claro que podes levar, tenho todo o prazer.

Beijos ternos
Margarida
De Rosinda a 13 de Janeiro de 2010 às 18:29
OLÁ MIGUXA!
Paixão sem limites...ardente...!
Amiga, que seja para sempre...
De MIGUXA a 13 de Janeiro de 2010 às 19:27
onix,

minha amiga,

agradeço o carinho e para ti desejo em dobro o bem que meu coração defende sem tréguas.

Beijo terno
Margarida
De Caminhando... a 13 de Janeiro de 2010 às 23:31
Quero aqui deixar-te o meu beijo de boa noite Amiga Margarida!

Toma
De MIGUXA a 14 de Janeiro de 2010 às 16:05
Doce Joana,

Para ti um sorriso bem sincero de agradecimento e um doce e alegre dia.

Beijos ternos, minha querida
Margarida
De Alzira Macedo a 14 de Janeiro de 2010 às 00:43
Miguxa…
estou perplexa com tanta magia aqui em teu blog…
tudo quanto aqui tens e escreves, soa á grande vontade de querer, de ter e de conseguires AMAR…
Gostei da tua poesia tá linda cativante e muito marcante…
Esta quadra adorei….

“Tua força é um mistério
que domina meus sentidos
Olho teus olhos, meu império
ficamos ambos perdidos…”

Perde-te amiga nesse teu império
perde-te e não queiras ser encontrada
aí tens um belo viver
um belo morar
será ainda mais belo o acordar
pela lembrança pela recordação
Lindo demais adorei….
bjs
De MIGUXA a 14 de Janeiro de 2010 às 16:10
Alzira,

Fico feliz pelas tuas palavras de carinho e incentivo.

Tenho de facto uma vontade imenda de amar mais e mais, ainda que o o amor da minha vida, já o tenha encontrado há muito...Mas, nunca é demais AMAR seja quem ou o quê, porque isso me preenche e dá felicidade...
Beijos ternos
Margarida
De MIGUXA a 14 de Janeiro de 2010 às 16:11
*imenda - claro k não
*IMENSA- desulpa-me, esqueço os óculos, coisas de despassarada lol
De Alzira Macedo a 14 de Janeiro de 2010 às 21:33
Miguxa minha amiga…

È precisamente quando encontramos o amor da nossa vida…
De outro modo dizendo o parceiro ideal, ou a nossa cara metade, ou até a nossa alma gémea…
Que sentimos mais necessidade de amar e ser amada…
Porque nos completamos, porque dois corpos duas almas se transformam em um…
È dos puros e reais momentos que desfrutamos e é nesse sentido que te disse e digo perde-te… vive intensamente…
Devora o mundo com esse teu amor, com essa tua paixão, com essa tua partilha…
No amor nada é proibido, tudo é magia tudo é encanto…
Tudo é vivencia e tudo é partilha é delírio…
Vivemos numa sociedade aonde existem muitos tabus, muitas incógnitas, muitos medos, muitos receios….
Assim e desse modo, não se saboreia a vida…
A vida nos foi dada á nascença, para viver, amar, dar e receber…
Depois desses bens adquiridos deixamos este mundo dando lugar a outros, e acredita minha amiga…
Quantos partem deste mundo sem desfrutar o melhor que a vida lhes pode dar, pelo medo, pelo preconceito, pela educação que tantas vezes nos cortam as pernas…
Tens esse amor vive intensamente…
Um beijo com carinho e muita amizade…
De MIGUXA a 15 de Janeiro de 2010 às 00:10
Alzira,

Agradeço muito mas muito a tua prova de amizade mas descanso-te desde já, tabús, medos de mal parecer, ou influências de educações medievais estão bem longe da minha forma de estar no meu relacionamento. Somos o espelho um do outro e vivemos intensamente o amor que construímos como se de dois adolescentes pudéssemos falar...mais maduramente, como é óbvio mas sempre criando e recriando para que a paixão arda e não esmoreça pelo tédio e pelo tempo.

É como tu dizes disfrutamos a cada dia do melhor que a vida nos deu, o nosso Amor.

Para ti desejo tudo de bom e uma vez mais agradeço do fundo do coração.

Beijos ternos
Tua amiga
Margarida
De M.Luísa Adães a 14 de Janeiro de 2010 às 12:41
Margarida

Morrer por torturas
Por desejos de amor
"ou apenas por um beijo".

o Fim se aproxima
de mim
de todos!

O esquecer é latente
E perdoável.

A força e o mistério
predomina,
no secretismo de cada um.

Lindos os vermelhos
E os brancos,
Do poema.

E lindo o símbolismo, misturado na ficção,
escondendo a Verdade!

Belos versos!

Bºs. M. Luísa
De MIGUXA a 14 de Janeiro de 2010 às 16:14
Maria Luísa,

Feliz por te ter aqui.

Agradeço as tuas palavras!

Beijos ternurentos e as tuas rápidas melhoras.
Margarida
De jangadadecanela a 15 de Janeiro de 2010 às 11:00
olá Margarida...

tenho andado ausente, com muito trabalho e muito pouco tempo... mas fico feliz por chegar aqui e ver que a paixão continua a ser o mote deste cantinho...

um abraço
Luís
De MIGUXA a 15 de Janeiro de 2010 às 13:16
Luís,

Compreendo perfeitamente a azáfama e agradeço do coração a delicadeza da tua visita.

Já te enviei os elementos continuo à espera.

Xi-kor apertado
Margarida
De jangadadecanela a 15 de Janeiro de 2010 às 14:17
olá Margarida

tenho de facto aqui os teus dados mas esqueci-me totalmente... as minhas desculpas... vou tratar de o enviar rapidamente. preferes à cobrança ou atraves de transf bancaria?

um abraço e novamente as minhas desculpas
Luís
De MIGUXA a 15 de Janeiro de 2010 às 16:23
Não tens de pedir desculpa

Agradeço à cobrança mas, não te esqueças com dedicatória e autografado à maneira LOL

Xi-kor poeta amigo
Margaarida

Comentar post

Visitas

Contador de visitas
Besucherzähler
Contador de visitas

My music

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags