Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

MÃOS DE AMOR

 

 

 

 

 

 

 

 

Mãos que brilham

 

Mãos de luz

 

Mãos que afagam

 

Mãos que acariciam

 

Mãos firmes

 

Mãos trémulas

 

Mãos de paz

 

Mãos doridas

 

Mãos de seda

 

Mãos de entrega

 

Mãos que aceitam

 

Mãos de Amor

 

Recebe-las

 

São tuas

 

Por favor

publicado por MIGUXA às 00:51
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De Fátima Soares a 25 de Junho de 2010 às 10:35
Olá minha amiga! Lindo post . As mãos são capazes de dar tanto afecto, colo e força num simples afago, num simples gesto, são as nossas ferramentas para as melhores acções e para algumas erradas, mas são sem dúvida capazes da maior beleza ao tocar um piano, um violino, ao exprimir gestos de dança de linguagem gestual, para quem não pode ouvir e são sem dúvida amor, puro amor quando percorrem o corpo de quem amamos ou pegam ao colo os nossos filhos. Um imenso beijinho cheio de carinho e um maravilhoso fsemana com paz e amor.
De MIGUXA a 25 de Junho de 2010 às 23:14
Sindarin,

Amiga,

Como é bom fazer chegar até quem me lê, me visita, palavras que tocam e simbolizam algo de bom.

Agradeço a tua presença, o teu carinho e aguardo expectante uma nova visita.

Noite de Paz e amor
Beijos ternos
Margarida
De Joana Maria a 25 de Junho de 2010 às 11:58
Olá MIGUXA, um poema lindo como sempre! Espero que tenhas um bom fim de semana!
De MIGUXA a 25 de Junho de 2010 às 23:17
Joana Maria,

Minha jóia,

Feliz pela tua presença e carinhosas palavras.

Espero estejas já despachada de exames e que tudo te tenha corrido como desejas.

Goza do teu descanso, diverte-te e sê feliz!

Beijos com ternura
Margarida
De Rosinda a 25 de Junho de 2010 às 13:21
Olá Margarida!
Lindo este poema... que nos fala das mãos, elas também falam de amor...
As mãos podem...
No momento certo,
Estender-se para consolar,
Segurar firme para amparar.
As mãos saúdam, as mãos sinalizam,as mãos envolvem, dão carinho,as mãos estabelecem limites, escrevem e abençoam.
Para o mudo a mão é o verbo.
Para o idoso é a segurança.
Para o irascível a mão erguida é ameaça.
Para o pedinte a mão estendida é súplica.
Para quem ama, a mão silenciosa,que acolhe a do ser amado, é felicidade.
Para quem chora,a mão alheia é conforto.
Beijinhos e ópitmo fim de semana.

De MIGUXA a 25 de Junho de 2010 às 23:21
Rosinda,

Doce Amiga,

Agradeço o teu carinho sempre presente em todos os comentários que me diriges.

Tens um lugar no meu coração.

Tudo de bom
Beijinhos
Margarida
De retornodemim a 27 de Junho de 2010 às 08:34
Sentir em nossas mãos... talvez a nossa maior razão de ser, aquilo que nos faz viver, que nos faz ter forças para dar todos os passos. Ès tudo o que sentes e tudo aquilo que o teu coração te ordena. Vives a vida ao segundo, sentindo cada momento com a intensidade no seu explendor e auge... assim sendo deposito nessa tua mão Amiga todo o carinho de um amigo que sempre estarâ perto de ti.
Adorei...Beijinhos muitos do Rui
De MIGUXA a 27 de Junho de 2010 às 19:28
Rui,

Meu querido amigo,

É de mãos e braços abertos que recebo a tua sempre doce amizade.

Friends for ever after
Beijinhos com muita ternura
Tua Amiga que te guarda no coração
Margarida
De Caminhando... a 27 de Junho de 2010 às 22:19
Olá Margarida, boa noite!

As maos acariciam, envolvem, ralham. Pelas maos muito consegue ser transmitido.

Mais um lindissimo poema!

Beijo terno e votos de excelente semana
De MIGUXA a 27 de Junho de 2010 às 23:26
Doce Joana,

Através das mãos escorre o que no momento sentimos...

Obrigada pelo carinho!!!

Noite de sonhos lindos
Beijinhos com ternura
Margarida
De Fátima Soares a 28 de Junho de 2010 às 11:41
Minha querida e doce amiga Margarida. Despeço-me com amizade e o mairor carinho e agradeço tudo durante este tempo em que tive a sorte da tua amizade amiga. Não deixarei de apreciar a tua escrita e guardar-te no coração, mas digo adeus com ternura e carinho e desejo as maiores felicidades do mundo. Um beijo com carinho e admiração.
De MIGUXA a 28 de Junho de 2010 às 18:09
Sindarin,

Minha doce amiga,

terás certamente as tuas razões mas, queria que soubesses que vou sentir a falta da tua presença, do teu carinho, para além de deixar de poder desfrutar da tua
escrita...

Tenho esperança que seja apenas um curto interregno e que em breve estejas de novo junto de nós.

As maiores felicidades para ti e família
Beijos com ternura
Margarida
De cuidandodemim a 28 de Junho de 2010 às 12:08
Quem terá coragem de as recusar? Mãos tão amigas e presentes.
Bjns
De MIGUXA a 28 de Junho de 2010 às 18:11
Obrigada pelo carinho,

Beijinhos ternos doce Miguinha...

Margarida
De comunicadoras a 28 de Junho de 2010 às 22:50
Como são diferentes as mãos....algumas rudes e calejadas, outras sedosas, mas todas capazes de todo o tipo de acções ...capazes de ferir, de acariciar, de pedir, de doar, de transmitir. Quantas mensagens não somos capazes de transmitir através das nossas mão? Considero que, juntamente com o olhar, as mãos são o meio de comunicação que autentica ou contradiz as palavras : Às vezes estamos a transmitir uma mensagem e o nosso olhar e as nosss mãos estão a desmentir-nos; queremos parecer seguros com o que dizemos, mas as mãos tremem, suam´....não sabemos onde as colocar.....estão a ser traiçoeiras, as nossas mãos.!!!Como é bom chegar ao fim do dia e vermos que as nossas mãos foram instrumentos de luz, de amor, de afago e que as podemos oferecer com orgulho àqueles que nos rodeiam. Que isso te aconteça todos os dias, Margarida! Um beijinho e obrigada por essas tuas mãos capazes de nos transmitirem tão belas mensagens.
Emília
De MIGUXA a 28 de Junho de 2010 às 23:15
Emília,

Doce amiga,

Não poderia estar mais de acordo contigo...
Mãos e olhos espelham o que nos vai na alma...
E como é bom poder usar estes instrumentos divinos para acarinhar, acalmar, mimar quem nos rodeia.


Noite de Paz e amor
Margarida

Comentar post

Visitas

Contador de visitas
Besucherzähler
Contador de visitas

My music

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags