Sábado, 13 de Novembro de 2010

Doce cativeiro

 

 

 

Meu terno sentir

 

Doce tormento

 

Prendes-me na teia dos teus gestos

 

Sonho nela morrer cativa

 

 

 

Meu corpo não me deixa mentir

 

Dizes-me tua diva

 

Quero acreditar

 

Transformas cada momento

 

No tempo certo para amar

 

 

 

Encontros de tanto querer

 

Desatinos de paixão

 

Não imagino a liberdade

 

Longe de ti coração

publicado por MIGUXA às 17:09
link do post | favorito
|
De jangadadecanela a 17 de Novembro de 2010 às 13:22
o que é o Amor senão
um doce cativeiro
uma vida mergulhada
num mundo de paixão
uma teia de prazer
na ponta de uma mão

preso nas grilhetas do teu corpo
abandonado nas profundezas deste mar
para o mundo estou já morto
para ti vivo e vivo para amar

ola Margarida
passa o tempo que passar
é sempre um prazer cá voltar
e deixar-me inspirar
ao mesmo tempo que respiro
a paixão neste lugar

um abraço
Luís
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Visitas

Contador de visitas
Besucherzähler
Contador de visitas

My music

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags