Domingo, 24 de Outubro de 2010

Numa só mão

 

Não sei,

 

Não encontro a fórmula certa

 

Queria descrever o poder que a tua presença exerce sobre mim,

 

Mas, perco-me em devaneios,

 

Tuas palavras são meus anseios

 

Nossa cumplicidade não tem fim...

 

 

No frio que é só meu

 

Cobres meu corpo com o teu

 

E na chama do teu querer

 

Retomo ânimo para viver...

 

 

Amor, paixão, devoção,

 

Carinho, serenidade,

 

Trazes tudo  numa só mão

 

Na outra a felicidade

 

 

publicado por MIGUXA às 01:57
link do post | comentar | favorito
18 comentários:
De Maria a 26 de Outubro de 2010 às 23:03
Amiga Miguxa, lindissimo poema de AMOR! Palavras que trazem graça, verdade e beleza! Beijinho grande.
De MIGUXA a 27 de Outubro de 2010 às 16:36
Doce Maria,

Fico feliz com a tua visita a este meu cantinho, simples, muito meu, onde crescem palavras sempre muito sentidas, podendo, no entanto, ser ficcionadas e aí assumo o personagem .

Um beijinho com ternura
Margarida

Comentar post

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags