Sexta-feira, 25 de Março de 2011

Amar é o Verbo

 

 

Amar é o verbo

 

Estremeço

 

 Não sei viver

 

Na ausência de teu corpo

 

Enlouqueço


 

Procuras-me e não sei dizer

 

Não

 

Corpos em chama

 

Rolando insanos

 

Sobre a cama

 

Atropelam os sentidos

 

Pelo chão

 

 

 

Mãos sofregas

 

Dedilhando cada pedaço de mim

 

Quero para sempre sentir

 

És alimento divino

 

Não há forma de mentir

 

 

 

Olhas nos meus olhos

 

Dominas meu ser

 

A paixão não esmorece

 

Não a deixes morrer

 

 

Sei que sou fraca

 

E sinto o teu fraquejar

 

Morreremos de amor

 

Tem graça

 

Mas como é bom AMAR


 

 

publicado por MIGUXA às 00:49
link do post | comentar | favorito
29 comentários:
De M.Luísa Adães a 25 de Março de 2011 às 13:04
"Sei que sou fraca
E sinto o teu fraquejar

Morreremos de amor

Tem graça

Mas como é bom amar"...

"Eu olhei para o céu
ouvi a tua voz
e tu me deste a paz,
guarda a tua alma na minha alma..."

Não morras
É cedo!
É sempre cedo...

Lindo poema,

Maria Luísa

De MIGUXA a 25 de Março de 2011 às 19:28
Maria Luísa,

Querida amiga,

Fico feliz de te encontrar aqui junto de mim, espero que melhor desse teu problema.

Amei os teus versos e agradeço teu carinho

Noite de paz e amor
Tua amiga que não te esquece
Margarida
De M.Luísa Adães a 26 de Março de 2011 às 15:07
Obrigada Margarida...

Acredita em mim!

Aqui estão meus olhos em ti
E, no vago rumor das fontes,
Sempre a voz do amor
Que tanta falta faz aos nossos dias...

Até sempre!

Maria Luísa
De MIGUXA a 26 de Março de 2011 às 21:37

Comentar post

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags