Segunda-feira, 2 de Maio de 2011

Perdoar

 

Junto do perdão mora a dor

 

A ferida rasgada no peito

 

Chaga que teima em abrir

 

Ainda que o rosto inocente

 

Busque a palavra sorrir

 

 

Não é fácil

 

Quando  se gosta de alguém

 

Sentir a marca da injustiça

 

E continuar submissa

 

 

Que pode uma flor do campo desfeita?

 

Separa-se da vida num triste lamento

 

Pétala após pétala levadas pelo vento...

 

 

 

 

Marcadas pelo perdão

 

As mãos ternas do Amor

 

 

Creio na força divina

 

Onde tudo começa e termina

 

 

Nada sou

 

E

 

Ninguém fui

publicado por MIGUXA às 01:01
link do post | favorito
De M.Luísa Adães a 10 de Maio de 2011 às 16:09
"Nada sou

E

Ninguém fui"...

E o adeus caíu no Mar
Volteou no ar
E tornou a procurar.

Encontrou
A força Divina
De quem sabe amar...

E ficou, descansou,
em cima das palavras...

Pois o amor tem sonos
E silêncios.

Com ternura,

Maria Luísa
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags