Terça-feira, 6 de Setembro de 2011

Caminhada

 

 

 

Olhos marejados de lágrimas

Tentando através da Luz

Seguir as pegadas quase apagadas

Meu caminho

Nossa cruz

 

Perpetuam-se os medos

Tateando as sombras

Demarcando os segredos

 

 

Quero alcançar tua mão

Segurar a vida

A esgotar-se entre os dedos

 

 

Quero retomar o calor perdido

Estando tu a meu lado

Tanto frio

Tanto vazio

Não pode fazer sentido

 

 

Continuo a caminhada

Ainda vislumbro o teu vulto

O que resta de mim é quase nada

Minha alma está de luto

 

Volta

Preciso do teu abraço

Sem ele

Não vou resistir ao cansaço

tags:
publicado por MIGUXA às 21:43
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De M.Luísa Adães a 14 de Setembro de 2011 às 15:06
Precisas de todos os abraços.

Nada sei de nada.

Contemplo!

Maria luísa
De MIGUXA a 17 de Setembro de 2011 às 21:26
De todos os que me forem apertados com vontade, com verdade e carinho.

As tuas melhoras, do fundo do coração
Um xi- bem apertado

Tua amiga que te nunca te esquece
Margarida
De M.Luísa Adães a 18 de Setembro de 2011 às 10:40
Na minha "Metamorfose"
eu digo:

Não existe a dor
não existe a perda
não existe a opressão
não existe a falta de amor,
nem existe um mundo de terror.

Não existe!...

Mas existe o criar...

De um Mundo melhor
E mais justo!

E seria bom
Acreditar...

Com saudade,

Maria Luísa

De MIGUXA a 20 de Setembro de 2011 às 19:46
Maria Luísa,

Seria o sonho realizado...

Mas é apenas utópico...

Não vislumbro nada de melhor ainda que a vontade de justiça, de paz e amor more no coração de muitos...

Queria tanto como tu acreditar...

Beijos com carinho
Tua amiga que não te esquece
Margarida
De M.Luísa Adães a 21 de Setembro de 2011 às 10:43
Há utopia e um desejo muito grande de
transformar.

Mas a verdade é que não se aproximam dias melhores, embora eu sinta que alguma coisa
tem de mudar...

Que bom seria que o poeta tivesse vidência
a acrescentar ao outro dom.

Também ele, nasceu no tempo errado.

Maria Luísa
De MIGUXA a 23 de Setembro de 2011 às 19:11
Maria Luísa,

Como gostaria ter capacidade para mudar o que de mau se instalou e parece não querer deixar-nos...mas quem sou eu???nem aos meus problemas consigo dar solução...
No entanto, sinto que a Luz me acompanha e me vai dando forças para superar um dia após outro...e, isso já é muito bom e agradeço todos os dias

Beijinhos com ternura
Tua amiga que te deseja o melhor do mundo
Margarida
De M.Luísa Adães a 24 de Setembro de 2011 às 10:11
Tudo muda! Nada permanece igual!
A Natureza muda
o Planeta está em mudança
e o sofrimento existe
e se mistura
com o amor , esperança e luz...

Maria luísa
De MIGUXA a 1 de Outubro de 2011 às 21:27
Amiga,

A tua força acompanha-me
Te agradeço do coração

Para ti tudo de bom
Beijos com carinho
Margarida

Comentar post

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags