Quarta-feira, 20 de Março de 2013

Abraçada a mim...

 

 

 

Na escuridão…

Mergulho

Abraçada a mim mesma

Tremo de emoção

Seca-me a garganta e,

Receosa

Aguardo em silêncio…

 

Sei o quanto te quero

Sei o quanto te amo

Mas, nesta noite negra

Para matar a minha sede

Bebo das minhas próprias lágrimas…

 

E a dor sufoca-me

As tuas palavras ecoam gritantes

No meu cérebro

O medo apodera-se de mim

Aperta-me o peito

Esmagado, desfeito…

 

Já a meu lado,

Secas-me o rosto

Com teus beijos ternos

E o soluço,

Após a máxima convulsão,

Vai acalmando

 

Um arrepio de frio gélido

Que percorre todo o meu corpo

Desvanece-se no calor ardente

Dos teus braços

No entrelaçar das tuas pernas

Nas minhas coxas


E,


Noite dentro,

Adormecemos um no outro

Uma vez mais…

 

publicado por MIGUXA às 02:18
link do post | favorito
De wild_one a 21 de Março de 2013 às 18:56
ola Miguxa :D

Hoje sou eu que te abraço D
que poema lindo, adorei a forma como expressaste a ideia e acredita que acontece muitas vezes essa situaçao, sentir mos falta desse mimo, desse carinho,
Tudo se dissolve num abraço e quando é sentido, ui o sentir vira magia

mas agora aqui a pensar
sabe ainda melhor quando o companheiro percebe ao longe, que quando necessitas de algo e te conforta do jeito que tu gostas :)

beijinhooos Wild***
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags