Domingo, 4 de Maio de 2008

MÃE

 

Tantos anos já passaram e as tuas gargalhadas ecoam nos meus ouvidos,

Bem como as tuas lágrimas sofridas querida mãe

Tantos dias sem ti, sem o teu carinho, os teus conselhos

A tua cumplicidade, o teu querer viver,

Partiste sem avisar, por quê Mãe????

Sinto agora mais que nunca que a tua decisão foi planeada, sofrida e desesperada

Descansa em paz..

sinto-me: injustiçada
música: AVE MARIA
publicado por MIGUXA às 16:33
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De dreedlino a 4 de Maio de 2008 às 19:12
Sabes Amiga...recordar cada gesto cada palavra cada momento é fazer reviver ...para alem do infinito tenho a certeza de que esta a sorrir para ti...sorri tambem e nunca a esqueças .
beijinho do rui
De MIGUXA a 4 de Maio de 2008 às 23:08
Rui,
nunca a poderei esquecer, jamais, era uma jovem ainda quando partiu e com tantas ilusões por concretizar, tanta vontade de viver tornou-se numa enorme vontade de morrer e, assim foi...Desistiu. Só tenho pena de não lhe ter dito e feito sentir,tantas vezes quantas desejaria, o quanto a amava e como ela era importante para mim.

Desculpa, estes desabafos, hoje estou assim.

Uma noite em paz e sonhos lindos.

Beijo
Margarida
De jangadadecanela a 5 de Maio de 2008 às 13:03
acredito do fundo do coração que a tua mãe está sempre contigo... da vida podemos desistir... mas dos filhos não...

sinto muito a falta da mimha avó pelas mesmas razões mas ainda a sinto presente nos momentos em que preciso de apoio e recordo... penso no que ela diria ou faria... e logo vem um conselho, de dentro de mim, que mais não é do que a sua voz...

um abraço
De MIGUXA a 5 de Maio de 2008 às 22:03
É um facto, os filhos são a nossa razão de viver!

Obrigada pelas palavras de conforto

Xi-kor
Margarida

Comentar post

Visitas

Contador de visitas
Besucherzähler
Contador de visitas

My music

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags