Domingo, 19 de Outubro de 2008

SOB O MANTO NEGRO DA NOITE

 

Sob o manto negro da noite...

Brilha por entre milhões de estrelas

Esse teu olhar cativante, doce, enamorado

Me toma para si e, mesmo calado

Transmite emoções...das mais belas

 

Sob o o manto negro da noite...

Beijas meu rosto com meiguice

Deixas que em teu corpo me espreguice

Prendes minha alma mais e mais

Nao vou esquecer teu jeito... jamais

 

Sob o manto negro da noite...

A prata reluzente das tuas cãs

Entre meus dedos, mãos cheias e vãs

Devolvem com paixão os carinhos

E...sem tempo...Amanhecemos... 

 

 

 

sinto-me: ENAMORADA
tags:
publicado por MIGUXA às 00:59
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De umbreveolhar a 19 de Outubro de 2008 às 02:47
Olá Margarida,
Um poema muito interessante, onde não falta a sensualidade que é apanágio na tua poesia. Gostei muito. Fiquei a saber no fim do lindas e sentidas palavras que te sentes Enamorada. Desejo-te muitas felicidades em tudo na vida e faço votos de um bom fim de semana.
Cumprimentos do amigo,
Carlos Alberto
De MIGUXA a 19 de Outubro de 2008 às 18:19
Olá Carlos Alberto,

Obrigada pela visita e palavras amigas.

Volta sempre, vou receber-te com prazer!

Xi-kor
Margarida

De dreedrui a 19 de Outubro de 2008 às 09:09
Sob o manto negro da noite...arde em chama lenta um amor que jamais se extinguirá...Amiga eterna apaixonada que a vida te mantenha sempre assim ,apaixonada.
Beijinho do Rui
De MIGUXA a 19 de Outubro de 2008 às 18:22
Olá Rui,

Obrigada amigo pelos teus votos que para ti desejo em dobro.

JInhos e Xi-kor enormes
Margarida
De Fisga a 19 de Outubro de 2008 às 17:28
Sob o manto negro da noite. Tanto amor e tanta sensualidade, Margarida: Até os dias parecem demorar mais a passar, à espera do manto negro. Um grande abraço e tudo de bom. Eduardo.
De MIGUXA a 19 de Outubro de 2008 às 18:24
Olá Eduardo,

Obrigada pela presença e palavras amigas.

Continuação de boas melhoras e volte sempre.

Jinhos com ternura
Margarida
De Fisga a 20 de Outubro de 2008 às 13:18
Olá Margarida: É sempre um prazer para mim ler os seus poemas, que são fantásticos, Recheados de amor e dedicação, que nos alegram e estimulam o ego.
Um beijinho de. Eduardo.
De almariano a 19 de Outubro de 2008 às 18:28
Sob o manto negro da noite... aprendi a arte do amor, aprendi o sentido da vida, aprendi que me encontro a viver, aprendi a repartir, a dar e a receber e tudo isto sob o manto negro da noite.... beijinhos
De MIGUXA a 19 de Outubro de 2008 às 18:57
Olá Álvaro,

Obrigada pelas tuas palavras e amizade

Jinhos e noite de paz
Margarida
De cuidandodemim a 19 de Outubro de 2008 às 21:06
A noite provoca em nós o desejo de estarmos acompanhados por quem amamos... E quanto pode acontecer se nos entregarmos a ela e aos seus mistérios...
Bjns!
De MIGUXA a 20 de Outubro de 2008 às 19:57
Olá amiga,

Obrigada pela visita, volta sempre

Jinhos
Margarida
De *FreeStyle* a 20 de Outubro de 2008 às 06:05
Bom dia...

Bonito poema, a noite diz-nos sempre tanto, mesmo que o dia tenho sido um inferno, mas depois vem a noite e toca-nos no coração.

Adorei o teu post.


Xi-kor

*FreeStyle*
De MIGUXA a 20 de Outubro de 2008 às 20:00
Olá Free,

Fico feliz por vires visitar-me e ainda bem que gostaste.

Jinhos e Xi-kor in style
Margarida
De blogando-me1 a 20 de Outubro de 2008 às 14:23
E não seráa noite a melhor conselheira???
Como sempre um poema cheio de amor e sensualidade. Parabéns.

Bjs fofos
De MIGUXA a 20 de Outubro de 2008 às 20:07
Olá amiga,

Obrigada pela tua visita.
A noite tem uma beleza muito especial que me seduz...
Gosto muito de conduzir à noite, é calmante e ajuda-nos a pensar...

Jinhos e noite serena
Margarida

Comentar post

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags