Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

SENTIR

 

Preciso, desesperadamente sentir

E deste corpo exaurido

A minha alma despir

 

Olhar sem ver, olhar apenas

Respirar sem dor

Brisas calmas, serenas

 

Acordar sonhando

Eu posso existir

Sem julgar que vivo

Um destino perdido

 

Rodeada de amor

Dou comigo a chorar

Um vazio sem sentido

Teima em não me deixar

 

Sofro...

Por fazer sofrer

Quem de carinhos me cobre

De tanto me querer

 

Por razões que a razão não explica

Minha alma se entristece

E meu corpo se fica...

  

sinto-me: No vazio
publicado por MIGUXA às 21:06
link do post | comentar | favorito
30 comentários:
De azuldoceu a 23 de Julho de 2009 às 21:17
Olá Margarida!
E eu sinto alguma tristeza por aí... espero estar enganada, mas parece-me estares a ser dominada por alguma insegurança.
Pensa só se valerá a pena e se tens razóes para isso...
Desfruta do que tens, pois o melhor da vida é mesmo o AMOR!
Beijinho grande e uma noite serena
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 20:38
Azul,
Minha querida,

Obrigada pelas tuas palavras amigas mas, o meu Amor, não me desiludiu, antes pelo contrário é quem me dá força para seguir em frente nesta dura caminhada...Mas, já está tudo bem não te preocupes e, concordo contigo o melhor da vida é o Amor
São momentos...apenas...

Beijinho carinhoso
Margarida
De Caminhando... a 23 de Julho de 2009 às 22:09
Um beijo cheio de carinho e um abraço bem apertadinho não chegam para acalmar essa tristeza que em ti sinto mas, é tudo o que posso fazer por ti...
A minha amizade e carinho sabes que tens e, ter-las-às sempre, ainda mais nestes momentos...

Fica bem minha querida amiga.
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 20:43
Doce Joana,

És um carinho em forma de gente

Está tudo bem, são dores que nos assaltam sem explicação...Lá vai e não quero que fiques triste por minha causa, já estou a sorrir

Beijinhos ternurentos
Margarida
De comecardenovopt.blogspot.com a 23 de Julho de 2009 às 23:42
Às vezes, amiga, não sabemos explicar o vazio que sentimos.., a angustia que nos aperta o peito.., as lágrimas que teimam em querer caír. Quantas vezes sinto tudo isso e não vejo razões ...; tenho só amor à minha volta...; uma vida sem grandes problemas, (porque os pequenos fazem parte dela.., não podem ser evitados), e mesmo assim.., quantas vezes não olho sem ver.., não ouço sem escutar..., não existo sem viver? Acho, Margarida, que isso é próprio do ser humano; somos insatisfeitos por natureza, uns mais do que outros, claro. ; às vezes não sabemos dar valor aquilo que temos, remungamos, choramos, sentimo-nos injustiçados quando a vida nos prega uma partidinha. Mas.., quando ela se lembra de nos dar uma verdadeira paulada, a gente cai , levanta-se e diz: afinal eu era feliz e não sabia. Olha Margarida, espero bem que seja apenas isto que acabei de dizer..; que não passe de uma fase menos boa que todos temos e que depressa eu volte a ler aqueles teus poemas de amor onde só se vislumbra felicidade. Creio que é isso, sim! Um beijinho muito carinhoso
Emília
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 20:55
Emilia,

Amiga é como tu dizes, tenho a felicidade de ter um companheiro doce, compreensivo, amigo, alegre, sempre pronto para me levantar o moral e ainda assim, tenho a ousadia de dizer que sinto um vazio em mim...Não consigo explicar..Mas, já passou está tudo bem
Obrigada pela tua amizade e preocupação

Beijinho e xi-kor apertadinho,
Margarida
De noitesemfim a 24 de Julho de 2009 às 00:38
Amiga essa tristeza não se coaduna com amor. Esperando que o pema seja apenas uma imagem ou breve momento, dou-lhe o nome de LINDO.

Bj
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 21:00
São de facto momentos, porque somos humanos, não deuses..

Está tudo bem e amar é preciso acima de tudo.

Fico feliz por teres gostado do poema.
Xi-kor
Margarida
De green.eyes a 24 de Julho de 2009 às 10:12
Quantas vezes eu também já senti esse vazio ...
Por vezes mesmo rodeada por uma multidão sinto-me só ...
Nesses dias respiro fundo e penso, amanha é outro dia, e tento encontrar um motivo uma razão para me agarrar ...
Talvez dai a minha dedicação de corpo e alma a certas coisas e pessoas ... são eles que me dão por vezes "razão de viver".
Beijinho
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 21:04
Amiga,

Como me compreendes...Mas, já está tudo bem, passou a hora da incerteza e tenho sempre o apoio dos meus Amores e dos meus amigos

Beijinho ternurento
Margarida
De tangerina a 24 de Julho de 2009 às 11:10
Querida margarida, além de muitos beijinhos com muito carinho, aqui fica uma frase da Poetisa Cecília Meireles...
"Aprendi com as primaveras a me deixar cortar para poder voltar inteira"

Volta inteira amiga,
Beijinho muito doce
anna
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 21:11
És linda
Kiduxa
Já passou minha querida e se queres que te diga, as cicatrizes já são tantas que devia já estar imune.

Olha vou ter com o meu Amor e curtir até ser dia...
O resto que se dane.

Beijokinhas doces
Obrigada amiga
Margarida
De tangerina a 25 de Julho de 2009 às 19:33
e mai nada....heheheh.
bjo
anna
De 100timento a 24 de Julho de 2009 às 11:26
Li reli voltei a ler fiz uma pausa reflecti analisei palavra a palavra e...este poema soa-me a um enorme grito teu...não vou tirar conclusões precipitadas várias vezes o fiz e arrependi-me por isso digo somente...como poema está belissimo...como menssagem fico com o coração apertado. Somente isto digo por agora amiga do coração. Beijinhos e muito amor na tua vida
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 21:18
Rui,

Meu amigo do coração, sou humana, adoro amar e ser amada, agradeço a Deus a benção das amizades que me confortam mas, por vezes acontece...e, num instante tudo fica negro...Mas, já passou, estou bem e não te quero preocupado comigo

Beijos e xi-kor enormes
Margarida
De Caminhando... a 24 de Julho de 2009 às 12:08
Amiga, se te convidar danças comigo?
Sei que gostas muito de música e, que esta tem imenso poder sobre nós por isso, se me permitires, convido-te para dançar! Tenho a dizer que sou pé de chumbo por isso, se te pisar, só tenho de pedir desculpa
Espero que gostes desta música e que sobretudo te proporcione algum sorriso! Era isso que pretendia e que gostaria de ver em ti!
http://www.youtube.com/watch?v=FeZ5R3C5bzs

Dá-me a mão e bora lá ; )
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 21:25
Doce Joana,

És a minha "filha" preferida, espero que não leves a mal a minha ousadia. Mas, se tivesse uma filhota gostaria que fosse tal e qual tu.

A tua doçura e carinho deixam-me sempre tão feliz!!!
Obrigada do fundo do coração jóia...
Sabes estou cansada de tanto dançar e como eu gosto de música e de dança

Beijinho carinhoso
Margarida
De Caminhando... a 24 de Julho de 2009 às 23:41
Só tu para me deixares totalmente derretida!
Não levo de todo a mal a tua ousadia só tenho a agradecer por todo o teu carinho amiga!
Honras-me, e muito com as palavras que me diriges!

Muito Obrigada! O que mais quero, porque gosto muito de ti, é proporcionar-te neste teu momento de tristeza, e nos restantes que tenho o prazer de ter a tua companhia, um sorriso e mostrar-te o quao bonita és :)

És muito especial Margarida!

Beijinho muito ternurento, cheio de amizade e ternura!
De MIGUXA a 25 de Julho de 2009 às 00:11
Obrigada doçura
De Fisga a 24 de Julho de 2009 às 18:36
Olá amiga Margarida. Pela primeira vez fico muito triste, ao ler um poema seu, por ver que está triste, O poema é lindo visto apenas como tal. Mas o poema não me parece que seja só um poema. Pareceu-me um grito de dor. Se me disser que foi impressão minha fico feliz por me enganar. Um bom fim de semana, e tudo de bom Beijinhos Eduardo.
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 21:28
Eduardo,

Meu amigo~, fico feliz por ter gostado do poema mas, não o quero ver triste, por favor...

Já está tudo bem, são apenas pedras soltas na minha vida

Beijinho carinhoso
Margarida
De Fisga a 25 de Julho de 2009 às 12:25
Olá amiga Margarida. Fico feliz por saber já passado o motivo da tristeza. Pois não podemos desperdiçar o tempo a chorar pelo leite derramado, porque a vida é curta de mais para perder tempo a chorar pelo que já não tem remédio. Com o que ainda pode ter remédio, é melhor gastar o tempo a tentar remediar, do que a chorar. Beijinho carinhoso. de um amigo muito sincero. Eduardo.
De blogando-me1 a 24 de Julho de 2009 às 18:39
De MIGUXA a 24 de Julho de 2009 às 21:29
Nanda,

Um doce fim de semana para ti e teus amores.

Beijokinhas
Margarida

Comentar post

Visitas

Contador de visitas
Besucherzähler
Contador de visitas

My music

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags