Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

CARTADEAMOR

 

Sei que dizem ser ridículas

Reconheço que racionais não são

Mas o que me vai na alma

Não consigo calar, terna paixão

 

Sabes o quanto te quero

Sem teu amor não sei viver

Longe de ti desespero

Julgo até que vou morrer

 

Carinho volta depressa

Teus beijos me fazem sonhar

Por favor Amor regressa

Em teus braços quero ficar

 

O dia parece-me enorme

As horas custam a correr

Cresce em mim a cada instante

O desejo de te ter…

 

publicado por MIGUXA às 01:27
link do post | comentar | favorito
40 comentários:
De comecardenovopt.blogspot.com a 10 de Setembro de 2009 às 11:10
Limda esta tua carta de amor, Margarida. Ridículas estas cartas? Bem..., ridículo é não amar.., é ter medo de expressar os nossos sentimentos, seja por carta, por telefone ou pessoalmente. Hoje em dia acha-se tudo ridículo, tudo fora de moda; pode até ser em certas atitudes do ser humano, mas no amor e nas amizades nada pode ser considerado assim. É por isso que hoje as pessoas receiam e não manifestam o que lhes vai na alma; é por isso que elas se mostram frias, insensíveis e essas atitudes fazem com que tenhamos um mundo tão pouco solidário, tão frio, despido de qualquer tipo de amabilidade. Não te importes Margarida que te considerem ridícula; ridículos são os que não sabem amar. Um beijinho

Emília
De MIGUXA a 10 de Setembro de 2009 às 15:59
Emilia,

É nessa linha de pensamento que me manifesto sobre o amor diariamente, será ridículo para muitos, para mim não, dá-me imenso prazer poder exteriorizar o que sinto, sem restrições e felizmente tenho um companheiro de vida que me acarinha e estimula nesse sentido...É bom amar e ouvi-lo por parte de quem se ama...

És uma excelente e doce amiga
Obrigada pelo carinho
Beijinhos
Margarida
De ♥ Flor Cintilante ♥ a 10 de Setembro de 2009 às 12:09
Amiguxa
poderia assinar esta carta como sendo minha, pois identifico-me com ela na perfeição,
e quem ama assim só pode ser feliz, tem de ser, embora as ausencias causem alguma dôr, mas...o depois compensa certo?
adorei a tua ccarta tanto que a vou levar( desculpa a ousadia tá?! )

beijinho cintilante***abraçado
a quem eu tenho aqui
De MIGUXA a 10 de Setembro de 2009 às 16:05
Querida Flor,

Apaixonada como és, tens muito a ver com esta carta, no que respeita à tua maneira de estar perante o amor...
é claro que quem ama, sofre na ausência do outro mas, o reencontro tem sempre aquele sabor especial

Levaste contigo, fico muito feliz por isso

Mil beijos nesse teu de ouro.
Margarida
De ♥ Flor Cintilante ♥ a 10 de Setembro de 2009 às 17:39
Querida então vai ver a flor que lá tenho,
beijinho cintilante***abraçado
De MIGUXA a 10 de Setembro de 2009 às 17:55
É para já

Beijinho doce
De tangerina a 10 de Setembro de 2009 às 16:36
Adoro cartas de amor e quanto mais lamechas melhor....
beijinho grande
anna
De MIGUXA a 10 de Setembro de 2009 às 17:11
Anna,

Meu doce de Tangerina,

Sabes que ainda guardo as cartas do meu "soldier"...
Letra linda que ele tinha...

Jokinhas e força na dieta
Margarida
De tangerina a 11 de Setembro de 2009 às 10:24
hummmm é tão bom guardar o amor.
Sê feliz sempreeeeeeeee.
beijocas fofas
anna
De cumplicedotempo a 10 de Setembro de 2009 às 16:42
as cartas de amor são o reflexo do sentimento por excelência transcritas em doces e sentidas palavras que do coração de quem as escreve emergem , e que aos olhos de quem as lê se completam na intensidade das mesmas como que vivendo esse mesmo amor apesar da distancia que fisicamente os separem
hmmm que saudades tenho de escrever uma bela carta de amor :D
mas na falta de um destinatário para as minhas cartas vou me deliciando com esta tua tão doce e única forma de demonstrares o amor que sentes

bem haja para ti minha amiga

beijo cúmplice :)
De MIGUXA a 10 de Setembro de 2009 às 17:19
Carlos,

Cúmplice amigo,

E porque não escreves???
Acredito que só pode nascer daí algo de belo e doce como tu, vais ter muitos destinatários que te vão ler com prazer

Feliz por te ter encontrado
Beijos carinhosos
Margarida
De cuidandodemim a 10 de Setembro de 2009 às 19:10
Amiga,
por vezes os sentimentos são tão fortes cá dentro do nosso coração que precisamos de os extravazar, quer falando, quer escrevendo. Uma carta de amor pode ser ridícula, mas será sempre linda e emotiva aos olhos de quem ama... Continua a escrever, muitas!
Bjns
De MIGUXA a 11 de Setembro de 2009 às 00:06
Miguinha,

Não as consideraria ridículas mas, tal como disse, por prevalecer a emoção sobre a racionalidade, poderão parecer à luz de alguns olhos, menos reais???

Vou continuar a escrever sim minha querida amiga e, preponderantemente sobre o tema que mais me inspira OAMOR, pois é assim que me sinto feliz

Noite de sonhos doces
Beijinho carinhoso
Margarida
De azuldoceu a 10 de Setembro de 2009 às 21:04
E que bonita carta de amor!
E se houver quem as ache ridiculas, não sou eu, que sou uma romântica incurável...
Beijinhos

P.S. O meu endereço de mail está no meu perfil.
Se quiseres envia um mail, para falarmos um bocadinho...
De MIGUXA a 11 de Setembro de 2009 às 00:15
Olá Azul,

Que bom ter-te por perto!!!
Fico feliz por teres gostado

Sonhos lindos
Beijinho ternurento
Margarida
De ♥ Flor Cintilante ♥ a 11 de Setembro de 2009 às 22:25
Passando para te desejar
um bom fim de semana
uma boa noite

e deixar o meu beijinho cintilante***abraçado
De MIGUXA a 12 de Setembro de 2009 às 12:14
Querida amiga,

Obrigada pelo teu carinho

Para ti td de bom do fundo do coração

Beijos ternos e xi-bem apertadinho
Tua amiga sempre
Margarida
De Caminhando... a 11 de Setembro de 2009 às 23:10
Mais do que bonita, nota-se que muito sentida esta carta de amor!
És uma pérola Margarida!!

Bjo grande e espero que o coraçãozinho esteja já perto da melhor forma!
De MIGUXA a 12 de Setembro de 2009 às 12:26
Doce Joana,

Deu-me prazer escrevê-la essencialmente mas, saber que quem me lê também gosta tora-me ainda mais feliz

Agradeço o teu cuidado, estou melhor, no entanto a notícia da colocação do meu filhote no IST - TAGUS PARK, deixou-me de tal forma ansiosa que, como diz o meu marido, até parece que sou eu que vou outra vez para a faculdade... O rapaz está calmíssimo e eu ando numa excitação que mal posso explicar - faz-me bem e faz-me mal, como podes calcular.

Mil beijinhos ternurentos
Margarida
De MIGUXA a 12 de Setembro de 2009 às 12:27
*torna-me - Ai os óculos!!!
De Caminhando... a 12 de Setembro de 2009 às 14:55
Olá!
Ena! Muitos Parabéns então ao teu "pequeno"!
Mãe galinha como és, compreendo perfeitamente que estejas muito feliz pela ida dele mas, igualmente triste pois o vês a começar a usar cada vez mais as suas asas!

Beijo grande e, que tudo corra bem com os três

De bomboka doce a 12 de Setembro de 2009 às 14:59
Olááá.

É para avisar que ja estão abertas as Votações. Agora ja podes votar no teu preferido deixando um comentario. Não esquecendo qe é proibido votar na Miley este mês.

Site: http://estrelas-cadentes.blogs.sapo.pt/

Divulguem s.f.f

Xoxos
De 100timento a 12 de Setembro de 2009 às 19:23
Amiga,

Se é ridículo eu não sei, mas que é irresistível, isso não podemos negar. Amar é como aquelas coisas que por mais que todos os alertas pisquem a tentar fazer com que a gente siga na outra direção, nos deixamos vagarosamente escorregar e sermos tragados para o bem, ou para o mal...para o amor.

“Amar é perder os rumos, é perder as canetas”. É tentar achar a palavra certa para dizer tudo aquilo e logo depois concordar que todas elas são insuficientes para o que só se pode sentir.
E é tão pequeno aquele instante em que ele dorme no teu ombro e tu te permites ser um ser sonhador, com uma leve e fugaz sensação de que as coisas realmente podem ser diferentes, que tudo o que se quer é que ele dure por toda a eternidade. Um segundo que dura por toda eternidade, e é assim que nasce e persiste o “pra sempre”, minha querida amiga

beijinho e um até já...
De MIGUXA a 13 de Setembro de 2009 às 11:45
Rui,

Que bom ter-te por aqui, já tinha muitas saudades...

Fazem-me falta as tuas palavras, obrigada por existires amigo do coração...

Beijo e xi-kor enormes
Até já
Margarida

Comentar post

blogs SAPO

arquivos

Abril 2016

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

posts recentes

SORRI...

Flutuo...

Minha Seara Madura

Abraçada a mim...

Na penumbra

Doce inveja

Silêncio...

Sede

Frutos de Verão

FELIZ ANO NOVO

tags

todas as tags